Materiais Estruturais

Coordenadores: Jorge Lino e Manuel Vieira

Os materiais estruturais abrangem materiais cujo principal objectivo é transmitir ou suportar uma força, sendo os principais critérios de qualidade os parâmetros de resistência a cargas externas, tais como durabilidade, tenacidade, fiabilidade e vida útil. Estes materiais podem ser utilizados em diferentes sectores, tais como nos transportes (aeronaves e automóveis), energia (turbinas de lâminas, pás de aerogeradores), construção (estruturas metálicas, edifícios e pontes), componentes para protecção do corpo (capacetes, joelheiras, coletes), ou outras estruturas mais pequenas, como as utilizadas na microelectrónica.

A Divisão tem como objectivo promover e divulgar o conhecimento relativo aos Materiais Metálicos, Poliméricos, Cerâmicos e Vidros, Compósitos e Materiais Naturais.

Pretende-se concentrar a atenção nas relações entre a estrutura química e física dos materiais e suas propriedades e desempenho. Independentemente do tipo de material, pretende-se fomentar a compreensão das relações estrutura-propriedade, que fornecem uma base científica para o desenvolvimento de materiais de engenharia para aplicações avançadas. A pesquisa fundamental e aplicada neste campo responde a uma procura crescente de materiais inovadores e com melhor desempenho.